Processar Empresa

5 cuidados a serem observados para processar uma empresa

Apesar dos direitos trabalhistas conquistados e dos diversos avanços no mercado de trabalho, inclusive no que diz respeito à gestão, ainda existem muitas situações em que as empresas não respeitam os direitos de seus empregados. Diversas são as razões que levam aos processos trabalhistas, que vão desde o descumprimento de direitos por parte do empregador em relação ao trabalhador a situações mais graves, como o assédio moral ou sexual.

Diante dessas situações, muitas vezes, os empregados apresentam dúvidas quanto ao que seria passível de um processo contra a empresa e o que não seria. Outro temor é quanto ao comprometimento de sua carreira diante do mercado de trabalho caso venha a processar a empresa na qual trabalha. Em relação a ambos os receios, é preciso que o funcionário se informe através de todos os meios possíveis e busque auxílio de um profissional antes de tomar uma decisão.

Um processo é algo sério, tanto pelo que lhe dá origem, se tratando do desrespeito a um direito, quanto pelas suas repercussões. Dessa forma, diante de uma situação que apresenta aspectos que podem repercutir em uma ação judicial, deve-se tomar alguns cuidados logo de início. Tudo começa a partir de medidas preventivas, que o trabalhador deve ter como hábito ou como norte diante de uma situação que possa demandar uma ação trabalhista:

Conhecer a CLT
Conhecer os seus direitos é a melhor forma de assegurar-se que eles serão respeitados. Da mesma forma, conhecer os deveres é igualmente importante, pois um funcionário que incide em faltas legais dentro de uma empresa terá menos recursos para reclamar seus direitos, que inclusive, talvez nem tenha.

Procurar a orientação de um profissional
É importante que você se informe sobre os seus direitos, inclusive para identificar quando ele pode estar sendo desrespeitado. No entanto, a interpretação da lei e outros detalhes de uma ação trabalhista demandam a orientação de um profissional. Ainda que não seja algo obrigatório, é, sem dúvida, recomendável.

Buscar diálogo e conciliação previamente
Mesmo que se identifique uma situação de negligência aos direitos, é importante que antes de iniciar uma ação judicial aconteça uma tentativa de diálogo com o empregador. Essa atitude pode resolver a situação sem maiores desgastes e, ainda que não resolva, é mais uma forma que o trabalhador terá de se resguardar diante do processo.

Acumular provas e testemunhas potenciais
O direito tem por base principalmente a materialidade. Isto é, se há uma situação de reclamação judiciária, quanto mais provas houverem, mais provável será o sucesso da causa. Sendo assim, todo trabalhador deve procurar se resguardar, mesmo antes que uma situação de conflito ocorra, guardando todos os documentos referentes às suas atividades, remuneração e afins. Da mesma forma, é preciso ter testemunhas em mente no caso de uma ação trabalhista, o que nem sempre é fácil de conseguir. Essa é outra situação em que o auxílio de um advogado trabalhista poderá fazer toda a diferença.

Não deixe a situação chegar ao pior para tomar uma atitude
Algumas pessoas trabalham por anos em uma empresa conscientes de que os seus direitos estão sendo negligenciados e apenas quando pretendem se demitir ou estão correndo o risco de serem demitidas decidem processar a empresa. Por diversos motivos, mas também por uma questão de coerência, se uma negligência ao seu direito for identificada, haja imediatamente, procurando conversar com os empregadores em primeiro lugar. Essa também é uma forma de se resguardar diante do processo.

Essas são algumas medidas que poderão facilitar a sua vida caso venha a precisar de processar uma empresa. Existe um medo comum entre as pessoas de que se processarem uma empresa ficarão com a sua ficha suja e terão dificuldade de encontrar emprego. De fato, às vezes existe diálogo entre as empresas e o pedido de referência é legal. Mas caso existam documentos constando seu nome por processar uma empresa, você poderá processá-la novamente por danos morais. De qualquer forma, é importante levar em consideração que uma empresa honesta não terá esse tipo de temor em relação aos seus futuros funcionários. Então, não deixe seus direitos serem corrompidos. Quanto mais correto um ambiente de trabalho, mais saudável e positivo ele será para você.